Retrospectiva 2017: os fatos e as pessoas que marcaram o ano

Inside Flipboard Brasil / dezembro 6, 2017

2017 foi um ano de transição para os brasileiros. De tentar entender o que significaram as mudanças de 2016 e se preparar para o que virá nas eleições de 2018. Porém, apesar de bem menos agitado do que o ano passado, 2017 já começou com um fato forte na política: a morte do relator da Operação Lava Jato, Teori Zavascki, em acidente de avião na região de Paraty, no Rio, logo em 4 de janeiro, deixou dúvidas sobre o que aconteceria com os processos encaminhados pela equipe do juiz Sergio Moro. Apesar de ter perdido um de seus principais personagens, a Lava Jato ainda conseguiu sacudir o cenário político, ainda que de maneira bem mais discreta do que vinha fazendo.

A delação do fim do mundo, que implicou diversos políticos, de todos os partidos, citados em depoimentos de funcionários da construtora Odebrecht, mais fez fumaça do que qualquer outra coisa. O conjunto de delações assustou os envolvidos, mas, na prática, não provocou mudança significativa na ordem política.

Para descontrair um pouco o início de 2017, vimos acontecer talvez a maior gafe da história do cinema, na 89° cerimônia do Oscar. Moonlight ganhou o prêmio de melhor filme, mas somente após La La Land ser erroneamente anunciado como vencedor do troféu.

2017 também foi o ano da transferência mais cara da história do futebol, e, mais uma vez, de um brasileiro. Neymar aceitou jogar pelo PSG, em negociação de 222 milhões de euros (820 milhões de reais), para tentar dar ao clube francês a primeira taça da Liga dos Campeões. Ainda no futebol, foi também o ano da consolidação da seleção brasileira, do técnico Tite, como grande favorita ao título da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. O Brasil já conheceu seus primeiros adversários no Mundial, mas o treinador ainda tem dúvidas sobre quais serão os 23 convocados para o torneio.

Mais sucesso e dinheiro do que Neymar em 2017 só fez mesmo o Bitcoin, a moeda virtual que teve uma valorização de 900% em sua cotação e transformou pessoas comuns em milionários do dia para a noite. Até mesmo os irmãos Winklevoss, aqueles que acusaram Mark Zuckerberg de roubar deles a ideia do Facebook, surfaram a onda e se tornaram os primeiros bilionários feitos pelo Bitcoin. Uma dúvida, porém, ainda paira sobre a cabeça de boa parte das pessoas que querem investir na moeda virtual: será que o Bitcoin é bolha? Só 2018 deve nos trazer essa resposta.

Dois assuntos ‘tabus’ também ganharam espaço neste ano. Primeiro, o suicídio entrou em pauta após a morte do cantor Chester Bennington, vocalista do grupo Linkin Park. Depois, acusações de assédio sexual no Brasil e nos Estados Unidos (onde foram envolvidas figuras importantes de Hollywood, como o ator Kevin Spacey e o produtor Harvey Weinstein) foram amplamente discutidas e serviram para que mais pessoas tivessem coragem de falar sobre suas experiências.

2017 foi o ano em que Elon Musk, mais uma vez, foi o destaque na tecnologia. Ele prometeu levar mais pessoas para o espaço mas, por enquanto, o que mostrou mesmo foi um túnel para viagens subterrâneas. Mais dois iPhones chegaram às lojas, mas, sem grandes novidades e com algumas falhas no novo sistema operacional, os lançamentos da Apple deixaram uma pergunta: será que a empresa está ficando descuidada com seus produtos?

Este ano se encerra deixando muitas dúvidas para o próximo, principalmente na política. A única certeza é a insatisfação maciça dos brasileiros com o presidente Temer, que fecha o ano com 71% de reprovação, segundo o Datafolha. Lula e Bolsonaro lideram em primeiro e segundo lugar, respectivamente, a corrida pela presidência no próximo ano,  mas muita água ainda vai rolar até que realmente seja decidido o novo comandante do nosso país. Henrique Meirelles, atual ministro da Fazenda, Ciro Gomes, Marina Silva e Geraldo Alckmin, entre outros, também deverão estar no páreo. Do nosso lado, só podemos desejar que o Brasil saia vitorioso dessa disputa. E que venha 2018!

Gustavo faz a curadoria de Natal e Réveillon 2018

BAIXE O FLIPBOARD: iOS / ANDROID / WINDOWS / WEB

SIGA-NOS:

FLIPBOARD / TWITTER / INSTAGRAM / FACEBOOK / GOOGLE+ / TUMBLR / YOUTUBE / SOUNDCLOUD / PINTEREST / MEDIUM