Curadora em Destaque: Carolina Valle

Flipboard Brasil Blog / maio 30, 2017


Meu nome é Carolina Valle, nasci em Brasília e moro em São Paulo. Sou bacharel em Direito, professora de educação infantil, com mestrado em Educação Internacional. Há quase 20 anos, tenho orgulho em dizer que sou professora de uma instituição fundada em 1920 e considerada uma das melhores escolas americanas do Brasil.

Meu trabalho consiste em ensinar crianças do mundo inteiro! Elas começam na pré-escola com três anos e ficam durante três anos na mesma classe. Elas aprendem a conviver em grupo, interagir socialmente, ser tornar independente, ter curiosidade intelectual e perseverança e eventualmente a ler e escrever. Sou líder do time de 7 professores e 7 assistentes. Nos reunimos semanalmente para organizarmos eventos, viagens, notificações para os pais, além de trocarmos experiências, dúvidas e aprendizados.

O que torna meu trabalho especial é ver a evolução da criança durante esse período de 3 anos. Elas começam na escola muitas vezes sem falar nada de inglês e saem falando, cantando, expressando ideias e sentimentos. Aprendem a ver o mundo como observadores precisos e a tratar todos com respeito e dignidade. Aprendem a persistir e serem engajados no próprio aprendizado!

Minha paixão é a leitura! Por meio da leitura podemos descobrir o mundo e participar de histórias incríveis sem sair do lugar. Aproveito que sou professora e tento instaurar nos meus alunos essa mesma paixão. Quem ama ler está sempre informado e tem sempre oportunidades de viver novas aventuras. Minha outra paixão e viajar, literalmente. É tão legal ver que existem tantos outros mundos e vidas por aí.

Sou fascinada pelo método Montessori de ensino. Maria Montessori era uma médica italiana que criou um método de ensino em que as crianças aprendem por meio de experiências reais utilizando materiais concretos. Numa classe Montessori as crianças tem a oportunidade de fazer escolhas e trabalhar com materiais que despertem a curiosidade intelectual delas e as ajudem atingir o seu potencial. A professora tem um planejamento individual para cada criança baseado no interesse de cada aluno. O método Montessori respeita a individualidade de cada ser humano e é realmente, nas palavras da Dra. Montessori, “a educação pela paz”.

Criei uma revista no Flipboard quando a minha irmã, Bia Valle, que é curadora digital, me mostrou o aplicativo em 2013. Foi paixão à primeira vista! Comecei com uma revista sobre educação, a “Educar“, feita inicialmente somente para compilar artigos sobre minha área. Hoje são 18 revistas, que refletem meus interesses e paixões. São mais de 3000 artigos que cobrem assuntos variados, como viagem na revista “Cruzeiros pelo Mundo“, Feng Shui na “Fengh Shui Your Life“, e curiosidades na “Mundo Incrível“.

Eu uso o Flipboard porque o aplicativo é intuitivo e fácil de usar. Me permite ler as notícias do mundo todo, de várias fontes, incluindo as internacionais. Uso o Flipboard diariamente. Além das notícias do dia a dia, o Flipboard me permite pesquisar tópicos específicos que me interessam, como dieta e educação. As pessoas estão cada vez mais ocupadas hoje em dia. As configurações do Flipboard me ajudam a filtrar o conteúdo do meu interesse, otimizando o meu tempo.

Tenho como costume começar meu dia com uma xícara de agua morna com limão (dica que aprendi no Flipboard). No caminho para o trabalho leio as manchetes principais do Brasil na “Edição do Dia” e as manchetes dos Estados Unidos e do mundo na “Daily Edition”, ambas revistas do Flipboard.

Uma pessoa que admiro é Helen Keller. Ela é um dos maiores exemplos de superação. Aos 2 anos, Helen teve uma doença séria que a deixou cega e surda. Mesmo assim aprendeu a ler, escrever e a se comunicar. Ela aprendeu a falar mesmo sem escutar e deu palestras motivadoras para soldados durante períodos de guerra. Foi uma das primeiras mulheres a se formar em uma faculdade! Sua professora, Annie Sullivan, a acompanhou durante toda a vida e se valeu de muitas estratégias de ensino de linguagem que são utilizadas até hoje. Um dos exemplos é o método sensorial, que estimula a memória muscular para ajudar a criança a aprender algo. Annie ensinou para Helen que objetos tinham nome colocando a mão da aluna na água e, logo depois, soletrando a palavra na linguagem de sinais na mão de Helen, que sentiu naquele primeiro dia de aula “o despertar de sua alma!”. Em poucos dias ela aprendeu mais de 100 palavras.

Um assunto que eu acho que merece mais atenção é a qualidade da alimentação das crianças. Os órgãos reguladores, educadores e os pais deveriam estar mais atentos a isso. Sinto que há pouca informação disponível sobre como comida industrializada e alimentação não balanceadas podem afetar o desenvolvimento físico e até mental/cognitivo das crianças.

O que eu mais curto no Flipboard é a facilidade com que posso ler as manchete de todas as notícias que me interessam, no mesmo lugar. Primeiro leio rapidamente as manchetes do dia, depois volto e leio na íntegra as matérias que me interessam. A parte mais divertida é poder fazer revistas, aprender um pouco sobre curadoria todos os dias é muito legal. E o fato de ter construído uma comunidade de quase 17,000 seguidores e leitores me orgulha e me dá muita alegria!

 

Educar

Gustavo está lendo RevistasQAmamos

BAIXE O FLIPBOARD: iOS / ANDROID / WINDOWS / WEB

SIGA-NOS:

FLIPBOARD / TWITTER / INSTAGRAM / FACEBOOK / GOOGLE+ / TUMBLR / YOUTUBE / SOUNDCLOUD / PINTEREST / MEDIUM